Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.
O nosso motor de reservas tem as melhores ofertas e quando reserva connosco nada é deixado ao acaso. Por isso confie em nós e reserve directamente connosco.

Para os amantes do turismo cultural, visita obrigatória à Rota do Românico, uma rota turístico-cultural que engloba mais de 50 monumentos românicos, edificados desde o século X nesta região, que remontam ao tempo da fundação da nacionalidade.
 
Num raio de 20 km do Solar Egas Moniz vai encontrar 10 monumentos pertencentes à Rota do Românico (percurso sul). Diga-nos com antecedência se pretende uma visita guiada à Rota do Românico, com um “Guia do Património”.

O mais emblemático é o Mosteiro do Salvador de Paço de Sousa, localizado a 200 metros do Solar Egas Moniz, representa um dos mais prestigiados testemunhos da arquitetura românica portuguesa, com colunas prismáticas nos portais, bases bulbiformes, padrões decorativos vegetalistas talhados a bisel, com longos frisos quer no interior, quer no exterior, bem à maneira da arquitetura visigótica e moçárabe (RRVS, 2012).

Bem pertinho do Solar Egas Moniz, também pode visitar o Mosteiro de São Pedro de Cête. “A fundação deste Mosteiro, que a tradição atribui a D. Gonçalo Oveques, remonta ao século X. Apesar da reforma da época gótica, esta Igreja é um testemunho da longa aceitação dos padrões românicos. Se o portal lateral norte deve ser considerado como gótico, já o portal principal retoma aspectos do românico epigonal. Nos claustros merecem destaque algumas bem conservadas arcas tumulares de cavaleiros nobres.” (RRVS, 2012).

Outros monumentos que merecem visita: Memorial da Ermida, Igreja de São Gens de Boelhe, Igreja do Salvador de Cabeça Santa, Igreja de São Miguel de Entre-os-Rios, Igreja S. Pedro de Abragão, Castelo de Aguiar de Sousa, Marmoiral do Sobrado.

image desc image desc image desc image desc